Imprimir esta página
Segunda, 13 Fevereiro 2017 13:06

Aprendendo com as Tragédias

          A tragédia na boate Kiss que completou quatro anos recentemente e que abalou o Estado, o País e o Mundo é o exemplo infeliz dos maus gestores, que desprezam o conhecimento e as ações preventivas em suas atividades.

         Nós que atuamos na Saúde e Segurança do Trabalhador somos profissionais essencialmente prevencionistas. E, como profissional prevencionista, assistimos a inúmeros absurdos e gafes cometidas diariamente pelos maus gestores.

         Quem já ouviu falar neste País em medicina preventiva? É mais barato investir em prevenção de doenças do que construir hospitais. Assim como é mais barato investir em prevenção contra incêndio do que lamentar vidas perdidas.

         O Mundo está abalado porque foram 242 vidas de uma só vez, vidas de jovens entre 18 e 30 anos. Todas na mesma noite.

         Infelizmente, não ganham a mesma notoriedade nos jornais os milhares de anônimos trabalhadores que morrem ou são mutilados diariamente no exercício de suas profissões. Porque morrem? Por causa dos maus gestores.

 

Gerson Gomes Fossati

Engenheiro de segurança do trabalho, empresário e consultor de empresas